SAMUEL ÚRIA, INÍCIO DE 2021 NA ESTRADA

Final de 2020 a chegar e os tradicionais balanços dos “melhores do ano” vão sendo destaque nos diversos meios dedicados à cultura, em geral, e à música, em particular, e “Canções do Pós-Guerra”, o mais recente disco de Samuel Úria, figura na generalidade das listas.

Mas chegados ao fim de um ano marcado pela “contenção” (e não se leia aqui uma referência a um dos temas que se destacaram no disco), a notícia é mesmo a de que Janeiro de 2021 terá Samuel Úria “na estrada” a espalhar um pouco por todo o país, a sua singularidade criativa.

Os palcos do Teatro Virgínia, em Torres Novas; do Teatro Municipal da Guarda; e do Cine-Teatro João Mota, em Sesimbra, irão receber o trovador das patilhas” para concertos de apresentação do aclamado disco, respectivamente a 9, 14 e 23 de Janeiro.

O público está absolutamente extasiado. Que show está Úria a dar. Samuel Úria fecha o Festival para Gente Sentada de 2020 com o palco em chamas musicais, absolutamente electrificado, a falar para o público aos gritos como quem anuncia as últimas fichas para os carrinhos de choque. Úria assina o melhor concerto do festival, conquista o público e encerra o Festival para Gente Sentada com a maior ovação que esta edição viu. É o final do festival, com Úria a deixar a deitar fumo o palco e aqueles que o viram em cima dele. O público estava a sofrer por cultura, e Úria deu-lhes. Cultura precisa-se. (Henrique Pinto Mesquita in Festivais de Verão)

 

Mas voltemos ao disco e aos “melhores do ano” – “Canções do Pós-Guerra”, foi o título que Samuel Úria escolheu para o seu mais recente trabalho. Premonitório? Talvez… dizem que a arte tem essa capacidade, esse recurso de preceder os acontecimentos. Neste caso, esta “guerra” será, como sempre, interior e espiritual. Uma vez mais, Samuel Úria obrigou-nos a olhar para dentro. Não num exercício egocêntrico mas antes como parte de um caminho de necessária partilha.

Efectivamente, o repertório deste disco foi composto e gravado em período pré pandemia. Aliás, o disco teve data de edição coincidente com o confinamento e só a impossibilidade de ter a atenção do público, levou ao seu adiamento. E por muito que se apregoe que este “Canções do Pós-Guerra” é o disco mais confessional de Samuel Úria, tal como em registos anteriores, ou ainda mais, as suas composições confrontam-nos connosco próprios, algo que só as “canções eternas” tem a capacidade de provocar.

E se aquando da sua edição em Setembro passado, “Canções do Pós-Guerra” tenha recebido o merecido destaque, chegados a Dezembro torna-se obrigatória a sua inclusão na história de 2020.

Um disco de crescimento pessoal e espiritual do trovador de Tondela, a confirmar ser um dos mais brilhantes compositores do País.(in Antena 3)

Samuel Úria, grande bardo de Tondela, escritor de canções de alma lusitana e sonhos americanos, crescido na tradição do gospel, do blues, da soul, da folk, continua a deliciar-nos com métaforas, com parábolas musicais, com a boa manipulação dos sentidos das palavras para fins musicais. (in Observador)

Canções do Pós-Guerra beija o punho antes do murro final: é arrebatador, crítico, enternecedor, enérgico. Canções do Pós-Guerra é (mais) uma belíssima colecção de cantigas que nos leva a considerar se é altura para todos nós olharmos para dentro para reconsiderarmos como agir para fora.(in Espalha-Factos)

Samuel não deixou os seus créditos de lado, e confirmou mais uma vez a sua audácia em escrever (boas) canções. (in Glam Magazine)

O trabalho, que contou com produção de Miguel Ferreira, reforçou o papel de Samuel Úria na música produzida em Portugal, seja como intérprete ou na qualidade de criador. Aliás, a sua veia autoral tem-no levado a compor para outros artistas, destacando-se as colaborações com os Clã, com duas letras para “Véspera”, ou na colaboração com Sérgio Godinho e Nuno Rafael no tema “O Novo Normal”.

AGENDA:
09 JANEIRO, TEATRO VIRGÍNIA, TORRES NOVAS – BILHETEIRA
14 JANEIRO, TEATRO MUNICIPAL DA GUARDA – BILHETEIRA
23 JANEIRO, CINE-TEATRO JOÃO MOTA, SESIMBRA – BILHETEIRA

Próximos Eventos

Atualmente não existem eventos nesta lista

Contactos

VACHIER & ASSOCIADOS
PRODUÇÃO DE ESPECTÁCULOS, LDA

Rua Frei Joaquim de Santa Rosa de Viterbo, 15
1600-230 Lisboa - PORTUGAL

Tel: (+351) 21 416 83 00
Fax: (+351) 21 416 83 09

vachier@vachier.pt

MANAGEMENT
Paulo Salgado
paulosalgado@vachier.pt

AGENCIAMENTO
Patrícia Pinto
ticha@vachier.pt

CONTABILIDADE
Cátia Gonçalves
catiagoncalves@vachier.pt

Newsletter

Vachier & Associados
Share This
X