BEST YOUTH, O ADEUS A 2020 COM “BITTERSWEET SYMPHONY”

Em modo de balanço e quase de exorcização do ano que agora termina, a dupla Best Youth publicou ontem na suas redes sociais, uma declaração em que transmite aos seus seguidores algumas das suas expectativas e ansiedades para 2021.

Um statement em registo confessional ilustrado com a publicação de uma releitura do tema “Bittersweet Symphony”, um original do grupo The Verve publicado em 1997. Uma canção emblemática da banda inglesa em que Catarina Salinas e Ed Rocha Gonçalves encontraram a tradução do seu “estado de alma” neste mudança de ano.

2020 foi um ano muito diferente.

É difícil resistir à tentação de pôr tudo na balança agora que chega ao fim, mas muito embora “contas feitas” a conclusão seja que somos uns sortudos e uns privilegiados, há um assunto que nos tem pesado. Vai para além das questões mais imediatas como as limitações de trabalho, o aperto financeiro, o convívio e as limitações à circulação: o propósito. Qual é o propósito daquilo que fazemos hoje em dia?

Olhamos para nós como exemplo mas podemos estar a falar de qualquer criador ou artista que esteja há 10 ou mais anos a criar (como nós) ou que tenha começado ontem. Fazemos música para nós próprios em primeira instância, mas sempre com o intuito de a fazer chegar às pessoas e que ela possa criar uma ligação emocional com quem a ouve. Foi sempre esse o propósito. De repente encontramos-nos numa situação em que tocar para pessoas só pode ser feito em condições muito particulares e onde a possibilidade de partilha e o alcance do nosso trabalho está limitada aos cálculos e ajustes de múltiplos algoritmos que, para cair nas suas graças, nos obrigariam a manipular tudo aquilo que fazemos de modo a ter a “mais interacção e engagement”.

Então prende-se a questão: vale a pena continuar assim? Temos todos que nos adaptar ao novo panorama? Será melhor parar um bocado e esperar por tempos melhores? Infelizmente não trazemos respostas, mas às vezes só partilhar o que sentimos chega para quem também se sente assim não se sentir tão sozinho.

É raro falarmos desta forma nas redes sociais, mas a verdade é que é para vocês que nós fazemos isto, por isso sentimos que vos devemos esta franqueza e temos que vos agradecer por continuarem aí. Gostávamos muito de vos mostrar música nova antes do final deste ano mas a verdade é que não conseguimos… vão ter que esperar mais um bocadinho. Em vez disso, gravámos este tema que reflecte de alguma forma o nosso estado de espírito neste final de 2020.

A ideia foi pegar nos piores sentimentos de 2020, vivê-los à flor da pele durante cerca de 4 minutos, e depois despi-los para ficarem aqui em 2020 enquanto passamos todos para 2021. Esperamos que ajude.

Até já <3 Ed & Kate

Em 2020, os Best Youth editaram “Never Belong”, o primeiro single do seu novo disco a publicar em 2021 e que mereceu por parte das rádios nacionais merecido airplay bem como lugar na lista das “canções do ano”. Também ao vivo o grupo teve oportunidade de mostrar “Never Belong”, destacando-se as actuações lotadas na Casa da Música, no Porto, e no Teatro Maria Matos, em Lisboa.

Como a banda anuncia na sua comunicação, em breve teremos acesso a novidades.

 

Próximos Eventos

Atualmente não existem eventos nesta lista

Contactos

VACHIER & ASSOCIADOS
PRODUÇÃO DE ESPECTÁCULOS, LDA

Rua Frei Joaquim de Santa Rosa de Viterbo, 15
1600-230 Lisboa - PORTUGAL

Tel: (+351) 21 416 83 00
Fax: (+351) 21 416 83 09

vachier@vachier.pt

MANAGEMENT
Paulo Salgado
paulosalgado@vachier.pt

AGENCIAMENTO
Patrícia Pinto
ticha@vachier.pt

CONTABILIDADE
Cátia Gonçalves
catiagoncalves@vachier.pt

Newsletter

Vachier & Associados
Share This
X